quarta-feira, 23 de dezembro de 2015

By Leonardo Tavares   Posted at  06:06  

Fala meu povo, conforme eu falei, “Ói eu aqui de novo NÃO PERA”, voltei, e voltei pra falar um pouco mais do Mondial de la Biere, mas não exatamente pra falar do evento, vim aqui dessa vez pra ir mais afundo do que teve e falar sobre alguns estandes em específicos, algumas exposições daqui do ERRE JOTA, e pra quem é de fora vale a pena conhecer, você não pode vim pra essa cidade sem conhecer esses “points” que fizeram exposição e sucesso no evento.











La na Mondial, encontramos a THREE MONKEYS BEER, grava esse nome aí rapah, que essa galera é nova no mercado (vocês irão ouvir falar muito deles), essa cervejaria vem bem com aquela pegada doxx cariocaixx. Criada a partir de 3 amigos com um gosto e objetivo em comum (Lôra gelada). Lá tivemos o prazer de conhecer o Gil, da área de marketing, que nos apresentou o estande e nos trouxe além de diversas cervejas o lançamento deles para o evento, a cerveja Three Monkeys Brownie Ale, que é a combinação perfeita entre cerveja e cacau, um toque de chocolate no meio do malte e lúpulo, uma parceria com o Brownie do Luiz, empresa também carioca. Cerveja já é bom pa-porra, né... Agora imagine com chocolate? putz... Bom demais. Valeu grande Gil!











Sacaninhas, tão com fome? Pois é, o evento era de cerveja, mas o nível da comida era tão bom ou talvez melhor... Então, lhes reapresento HELL’s BURGUER, eu já tinha falado desse monstro na matéria passada, mas vocês ainda não entenderam direito como é a parada. Fomos bem recebidos pelo Rafael Lopes, um dos sócios dessa hamburgueria artesanal a mais de 1 ano em feiras gastronômicas, hoje com uma loja em Botafogo e na Barra. Ele nos apresentou o Bacon Poser, um hambúrguer feito 100% com filé de costela, em pão artesanal com gergelim e a deliciosa geleia de bacon feita com Brooklyn Ipa (da um saque na foto e veja o tamanho da “criança”), além disso, eles fabricam 2 ketchups artesanais ! O Voodoo e o So Hot, ambos elaborados com barbecue e o segundo apimentado. Como já dizia o carioca: MEHMÃO Cê não ta entendendo a parada... Não conhece ainda? Você tem que ir lá e comer esse “búrguer” monstruoso!








Não é a toa que a Mondial de la Biere é um dos principais eventos de cerveja, pois lá tinham estandes de cervejarias pequenas mas também vimos briga de gente grande, da só uma olhada no estande do GRUPO PETRÓPOLIS, e nada lá dentro deixou a desejar, a cerveja (e que cerveja), a comida e claro o anfitrião, Saulo Bordon, da área de marketing, que não só nos apresentou a casa como nos deu uma aula sobre o mercado da cerveja. Lá conhecemos duas cervejas pilsen, a Black Princess Gold e a Petra Stark Bier que ganhou prêmio no evento e conquistou o terceiro lugar do concurso Público MBeer. Para harmonizar ele nos trouxe um queijo artesanal, que veio da Alemanha, composto de cevada e elaborado pelo próprio proprietário do Grupo Petrópolis. Só temos a agradecer ao Saulo pela recepção formidável e nos fazer sentir num boteco Vip (de primeira), afinal, cevada, petisco e um bom papo, quer mais o quê?










Galera, pra fechar com chave-de-ouro, deixei pra falar da THEREZÓPOLIS, esse estande origina-se da melhor cervejaria de Teresópolis, a Vila St. Gallen, e sim meu brother, você não pode morrer sem visitar esse lugar.

Tivemos o prazer de bater o papo com o Gabriel Di Martino, cervejeiro de pesquisa de desenvolvimento e tecnologia da cervejaria, recentemente contemplado com a premiação Melhores do Ano como o Melhor cervejeiro do ano pela revista de gastronomia, Prazeres da Mesa. No evento ele nos apresentou a Therezópolis Cooper, uma america pale ale com uma pegada mais tropical junto com um amargor, mas que também remete ao melão ou maracujá dando uma sensação bem refrescante, e foi assim que me senti. Indico a todos conhecer essa cerveja e mais da Therezópolis na Vila St. Gallen.









Então é isso galera, e assim se fecha a segunda parte da matéria sobre o evento Mondial de la Biere, tivemos além desses estandes especiais, muitos outros que valeram muito a pena, mas como meu trabalho é fazer essa ponte Rio-Bahia, deixo aqui pra vocês essas indicações que pra mim foram eleito como os melhores expositorexxx cariocaxxx e que você não pode perder a chance de conhecer quando vierem aqui a Cidade Maravilhosa, e se for beber ou comer em algum desses lugares, favor me chame e pague minha conta, porque depois dessa #FikaDika entregue de mão beijada, é o mínimo que eu espero de vocês,rsrsrs.


Se liga no Buteco512 e fiquem com mais fotos abaixo do evento!







Filipe DaGotta
@Dagotta
@Buteco512
facebook/buteco512
www.buteco512.com.br

terça-feira, 3 de novembro de 2015

Vitória Distribuidora - Cerveja Gelada Em Casa

By Leonardo Tavares   Posted at  17:30  
Todo mundo sabe que organizar uma festa não é das tarefas mais fáceis, né verdade? São tantos detalhes pra se preocupar – se a cerveja tá gelada, se vai ser suficiente pra todo mundo, se o carvão vai durar até o fim do churrasco, se tem lugar pra todo mundo sentar, etc. – que quem curte menos a festa é quem banca a festa...hehe!

“Ah, Tavares e se for no velho esquema cada um traz uma coisa?” Ô nego, se alguém não tomar a frente e organizar a parada,  num rola. Fora que alguns personagens nunca faltam: o que não teve tempo de comprar o pacote de lata que lhe cabia; o que trouxe a cerveja quente; o espertinho que sempre contribui com a mais barata, mas bebe da mais cara, dentre outros.

E quando a festa está bombando e você percebe que a cerveja está no fim? Aí é partir  pra tão sofrida vaquinha, alguém vai perceber que não tem ninguém em condições de dirigir, sem falar que, dependendo do horário, o único lugar aberto é a loja de conveniência do posto, que vende a cerveja num preço que é conveniente apenas para o dono da conveniência.

Mas o Buteco 512 descobriu um lugar que possui a solução pra todos os seus problemas?





    
Na Vitória Distribuidora você encontra tudo para a sua festa. Lá tem as mais diversas marcas de cervejas, em todos os tamanhos e embalagens (lata, long neck, garrafas de 300ml, 600ml e litrão), refrigerantes, energéticos, água mineral, carvão, gelo, etc., além de trabalhar com aluguel de mesas, cadeiras, freezers e caixas térmicas... coisa linda de deus.


Tudo que você precisa é fechar com a Vitória e ela se encarrega de entregar e recolher os materiais e produtos no local da sua festa.

Fica ali, na Praça Gérson Sales, 249 no Alto Maron (acima do Costinhas) e ainda tem o serviço de disk entrega pelo telefone 3421-4344. Tá fácil fazer festa agora.



quarta-feira, 9 de setembro de 2015

Na Mega: O Seu Buteco Online - Programa do dia 29/07

By Leonardo Tavares   Posted at  04:12   Ihqueabuso
Quarta é dia de que? De Buteco... Buteco 512 na Mega Rádio, às 17 horas, é claro! Programa que foi ao ar no dia 29/07 teve cachaça Decisão (lógico), forro com Rone Barbosa, informação com a galera do Curral Fest e bate-papo com o Danilo Nunes e a Josy Amaral.
 
 
Muita resenha e cerveja gelada (agradecer a galara da Schin), confira o nosso vídeo resumo, aproveita e se inscreve no canal. Teve, também, a presença do Marcelo Costa e vários causos legais.

Se ligue nas fotos e não deixe de seguir o nosso Instagram (@buteco512).
 
 







terça-feira, 1 de setembro de 2015

Fib 2015

By Leonardo Tavares   Posted at  07:20  
FIB 2015. O blog Buteco 512 estava mais uma vez entre os grandes... Blogs, revistas eletrônicas, rádios, tvs, acessórias de imprensa e nós lá. Não somos pokemon, caros leitores, mas evoluímos o nível de nossas credenciais e no meio de tanta gente gabaritada, a gente tinha uma tarefa 2x mais difícil que a do ano passado.


Esse ano o Buteco 512 foi VIP na balada pela SKOL (patrocinadora do evento) e teve a árdua e difícil tarefa (como sofro), junto com outros vips, de convidar pessoas para o Camarote "Vitrine" da Skol, o camarote mais disputado do evento e teve que "cobrir" o festival uma vez que o blog Buteco 512 estava lá (Túlio e Tavares) como imprensa.



Vamos transitar por esses dois mundos (Vip e imprensa) e resumir os 3 dias de festival nesta matéria. Espero que gostem do resultado assim como nós gostamos de produzi-lo.

FIB 2015 - Um breve  parecer

Nos 11 anos de Festival eu creio que este foi o mais cheio de todos, o volume de gente que tinha na sexta feira (pista e camarotes) era algo fantástico. E ao mesmo tempo que tinha muita gente e um público cada vez mais jovem (esse ano era à partir de 12 anos) a organização estava top. Um evento deste tamanho que contou com uma variedade enorme de músicas, gêneros, comidas e bebidas. Estão de parabéns todos os envolvidos, mas acho que o espaço que reuniu eletrônico e alternativo deveriam ter ficado na mesma posição que o palco do forro ficou ano passado (apenas opinando).





Eventos como cinema 6D, balão da fainnor, cabine de fotos do Opção e Skol Up Bar, fizeram parte do festival e fez com que muita gente ficasse dividida entre o que curtir e participar.


Teve também novidades que valiam a pena conhecer (degustar) como o bar Comida de Buteco(Chef Ebiner e Mario Borim), 2 food Truks, 1 com cachorro quente gourmet e outro com hamburgers (nhamy) e o stand da Bahia Tursa, que eu gostei tanto que farei uma matéria separada, mas já adianto que é sobre vinhos (tintos e espumantes) e um tour (roteiro do vapor) pelo vale do São Francisco (Vinícola  Terranova). Aguardem.











1° Dia

O "Buteco vip", participou do camarote Skol e de suas filmagens elaboradas pela Agência Califórnia (parabéns pelo trabalho a todos os envolvidos), onde a única pauta era se divertir, curti os shows e tirar as fotos para postar (@buteco512), confesso que essa parte foi fácil já que uma foto podia servir para duas finalidades #fib e #skol, mas a coletiva de imprensa, filmar e fotografar evento significa que "você" não é a estrela do "seu" instagram e exigiu um "profissionalismo" em abraçar o crachá e falar "tô nessa". Rodrigo Ferraz, Maciel Junior, Danilo Nunes... ( e tantos outros amigos que trabalham cobrindo evento) hoje, eu entendo vocês...hehe.






Humberto Gessinger abriu o FIB com um tour sobre a sua carreira e levou o público lindamente pela infinita Higtway. Super simpático o músico deu um verdadeiro show no palco e na coletiva.



Ana Carolina, apesar de eu não ser fã, levou a mulherada aos berros com a sua irreverência e músicas que já fazem sucesso de seu repertório. O publico cantou e vibrou junto com ela.



Ivete Sangalo (Veveta) é um furacão. A baiana mostrou pra o que veio em um show arrebatante e mal se despediu do palco já estava na sala da coletiva, "descabelada" como se tivesse acabado de sair do palco, opa...foi isso mesmo. Bem humorada e super simpática deu um show, dentro e fora dos palcos.




2° Dia

Geral foi pega na Blitz, mas ninguém parou. Todos cantaram ao som de músicas que fazem sucesso desde os anos 80.



Frejat sempre é um Ás na manga e é sucesso garantido. Com canções do Barão e da carreira solo o músico levou o FIB ao Extase.



O Rappa foi pauleira. Com o som pesado e psicodélico a banda fez aquele "mar de gente" sair do chão.



3° Dia

Paulo Ricardo e a banda RPM fizeram revoluções por minutos, 80 minutos para ser mais preciso, de rock da antiga e canções românticas.


Jota Quest reclamou da falta de emprego no "planeta dos macacos" e "mandou bem" nas músicas e no agito, tornando impossível "encontrar alguém" no meio do show.



Fernando e Sorocaba surpreenderam com a produção do show e encerrou ultrapassando o horário, "deixa falar".



Essas foram as atrações no palco principal nos 3 dias  de festival que contou também com palco do forró onde o bandas como Seu Maxixe e Fiá Pavi se apesentaram e com o palco eletro/rock que contou com Djs como Tony e Trindade e bandas como Dost e Escambo. Teve mais... muito mais, porque o festival de inverno é isso, uma mistura enorme de sabores e ritmos que agrada a todos as tribos, todos os gostos.




Tudo isso foi curtido de bem perto, do camarote mais cobiçado do festival. O camarote Skol foi, literalmente, um vitrine onde seus poucos convidados eram servidos com cervejas (pilsen, beats, extreme e senses) em looping infinito, tinham acesso a uma passarela e um Dj particular (DjTom), para tocar entre uma banda e outra, fazendo os vips ferverem na pista - ou melhor dizer camarote? - Bom, o que interessa é que a Skol elevou o nível no quesito camarote e a gente tava lá para experimentar isso e registrar (@buteco512). Parabéns a toda equipe da Ambev e a agência California, vocês foram impecáveis.



Pelo nosso IG no instagram (@buteco512) a galera curtiu em tempo real os vídeos e as fotos do que rolou no fib, segue a gente lá e não percar a resenha. E como eu mesmo digo no programa de rádio do Buteco 512, na Mega Rádio, que tava lá em peso, apresentando ou dando cobertura, "chegou a hora de nossas considerações finais":

O Festival de Inverno 2015 se renova e se reinventa a cada ano, deixou na galera um gosto de quero mais. Acredito que o sucesso deste ano tenha sido pelo fato das bandas, apesar de terem repertório novo, foi, em sua maioria, Old School. Afinal, música boa não tem idade.







Foi um prazer fazer cobertura de imprensa, participar de coletivas, "trocar figurinha" com profissionais da área e ter acesso a quase todos os lugares do festival, um SALVE (bem grande) pra galera da agência Você Vê. E com um senso de dever cumprido e um sorriso no rosto que, nós do Buteco 512, nos despedimos. FIB 2016, #tevejolá .











Back to top ↑
© 2013 Buteco 512. WP Mythemeshop Converted by BloggerTheme9
Blogger templates. | Distributed by Rocking Templates Proudly Powered by Blogger.